Notícia

Rota do Milho

quinta, 18 de julho de 2019
VICE-GOVERNADORA COBRA, EM BRASÍLIA, MELHORIAS PARA ADUANA

Solução para os entrave burocráticos da Rota do Milho foi levada a Brasília pela vice-governadora de Santa Catarina

 

Fonte: Ascom Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, com adaptação da Fecoagro

Foto: Audiência em Brasília (crédito: Elisabety Borghelotti/GVG)

 

As melhorias na Aduana de Dionísio Cerqueira, para implementação da Rota do Milho, foram discutidas em Brasília, pela vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr, e pelo secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Ricardo de Gouvêa.

Eles apresentaram os principais gargalos para que as operações se concretizem: a inspeção sanitária na entrada dos produtos no Brasil e o controle da Aduana. 

Com a implantação da Rota do Milho, o agronegócio de Santa Catarina poderá ser abastecido com os grãos produzidos no Paraguai, com os caminhões passando pela Argentina e chegando ao Estado pela Aduana de Dionísio Cerqueira.

“Tivemos uma reunião bem produtiva e com bons resultados. A presença da vice-governadora, que tem sido uma grande parceira do agronegócio catarinense, também foi muito importante. Esta não é a primeira vez que trazemos as demandas do setor para o Ministério da Agricultura, para tratarmos diretamente com quem pode nos ajudar a manter a força da agropecuária catarinense”, ressaltou o secretário Ricardo de Gouvêa.

Fonte: